Vídeo da semana #19!!!

A gente não aguentou com essa overdose de fofura e não tivemos escolha senão selecionar esse vídeo para o #videodasemana. E logo logo você vai entender o porquê.

Dois mini bailarinos, Avery Gay e Joziah German, foram convidados para da entrevista no programa Little Big Shots, do Steve Harvey. O que vimos de antemão foi muita humildade e simpatia dos bailarininh@s, ambos com 12 anos. Avery, por exemplo, diz que adora dançar por causa dos desafios, e Joziah porque fez dele um cavalheiro (gente que lindo??), e que sempre agradece suas partners por dançarem com ele.

miniballet2
Olha que linhas e que flexibilidade! Avery de parabéns (Foto: Reprodução)

Além de dançar, os dois gostam de ‘organizar’ as gavetas e comer picles (oi?), brincar ao ar livre e colecionar dominó. Além disso, Joziah quer se tornar um profissional de sucesso para sustentar uma família, mas continuar dançando. Tudo isso saindo da boca de crianças de DOZE anos. O mundo ainda tem jeito!

Em seguida, claro, os dois dançam juntos, e as surpresas não param. Claro que ainda falta maturidade em alguns movimentos, mas a habilidade dos dois é impressionante. O garotinho gira super bem, a menina tem uma flexibilidade e graciosidade de dar inveja e os dois arrasam na expressividade – talvez o meu ponto preferido na dança. Isso e a música, um mash-up de O Quebra Nozes bem criativa.

Sério, gente, não tem o que não gostar nesse vídeo!

 

Quer ver mais #videodasemana? Visite nosso arquivo aqui!

Anúncios

Um presente agregador!

gej-palco
Grupo Experimental de Jazz em cena (Foto: Arquivo pessoal)

A gente já tinha conversado aqui com o diretor do Grupo Experimental de Jazz, Victor Hugo, sobre as dificuldades de se manter uma companhia de dança no Brasil. E são muitas: desde o público, que não enxerga uma atividade cultural como lazer, ao custo enorme de organizar apresentações sem qualquer tipo de patrocínio.

Pois bem: nesta semana foi o aniversário dele (parabéns!!!), e, como todo aniversariante, Victor Hugo pediu um presentinho. Só que em vez de roupas, acessórios ou um jantarzinho à luz de velas, o presente que ele pediu não foi só pra ele. Foi um pedido de ajuda para custear o novo espetáculo do grupo.

Ficamos muito tocados com essa iniciativa, e resolvemos divulgar a mensagem que ele mandou aos amigos do Facebook. Esperamos que Victor Hugo receba MUITOS presentes, e que ele continue a nos presentear com a dança 🙂

“Pois é, como o Facebook cumpre muito bem o papel de avisar datas de aniversário, todos os meus amigos do Face sabem que o meu está chegando. Esse ano eu não quero presentes específicos, quero pedir aos meus amigos, ou às pessoas que admiram meu trabalho, ou às que simplesmente acreditam na arte para ajudar na arrecadação de verba para a produção do novo espetáculo do Grupo Experimental de Jazz. Então peço a todos como forma de presente que doem o que puderem!”

O link para a Vakinha está aqui, e quem quiser saber um pouquinho mais da companhia dele pode assistir aqui: